Out now: Libre Graphics magazine issue 2.2, Gendering F/LOSS

issue2.2

É com imenso prazer que anunciamos o lançamento do número 2.2 da revista Libre Graphics. Este número, à volta do tema Género e Software Livre, envolve-se nas discussões sobre representação de género e no vasto trabalho que reflete sobre este tópico no mundo da Cultura Livre.

Convidamos-te a adquirir a edição impressa ou fazer download da versão completa em http://libregraphicsmag.com. Convidamos também potenciais leitores e contribuidores da revista a fazer download, explorar, ler, remisturar e outras ações de participação possíveis.

Porquê “Género e Software Livre”?

No mundo do Software Livre e Open Source, e, mais abrangentemente, no mundo da tecnologia, o debate acerca da sub-representação feminina e a prevalência de um ambiente dominado por uma visão masculina sucedem-se.

A vida familiar convencional de mulheres que trabalham na área da tecnlogia é exaltada como um exemplo positivo nesta batalha pela igualdade. Ao mesmo tempo, a figura do programador homem, na cultura popular, vai-se alterando, fugindo da imagem do “nerd” solitário e socialmente inepto para um dandy urbano, “geek chique”. Ambas as representações escondem uma realidade complexa de estilos e personalidades que caracterizam o mundo do Software Livre e o ecossistema da tecnologia.

Estas imagens são responsáveis por reduzir uma discussão que se estende a questões fundamentais: é possível estabelecer uma relação dicotómica tão forte entre os conceitos de "homem" e "mulher"? Quanto do nosso trabalho se encontra organizado de acordo com esta divisão tradicional de género? É suficiente conseguir trazer mais mulheres para o campo do Software Livre e Open Source ou precisamos de focar este envolvimento em torno de funções mais específicas? É suficiente tentar o envolvimento de mais mulheres nesta área ou precisamos de apontar a outras tantas minorias sub-representadas?

Este número aborda alguns dos aspetos mais conflituosos no que diz respeito ao género no design e na arte, dentro do Software e Cultura Livres. Ao discutir perspetivas críticas sobre género, tentamos sensibilizar e abrir as portas para uma comunidade mais inclusiva e consciente das representações presentes na sua prática artística, entre outras. Tentamos, assim, acrescentar a nossa voz à discussão e ampliar o discurso de outras vozes.

Género e Software Livre é o segundo número do segundo ano da Libre Graphics magazine (ISSN 1925-1416). A revista Libre Graphics é uma publicação impressa dedicada à divulgação e promoção de trabalho criado com Software Livre e Open Source. Procuramos trabalhos sobre ou que façam recurso a práticas artísticas que integrem Software Livre e Open Source, standards, cultura, métodos e licenças.

Para mais informação sobre a revista Libre Graphics, lê o nosso manifesto.